Da digitalização de serviços públicos a Infovia Digital, MS avança na transformação digital

Categoria: Sem categoria | Publicado: segunda-feira, março 28, 2022 as 09:08 | Voltar

Nos últimos anos, Mato Grosso do Sul tem passado por uma transformação digital, seja com serviços públicos que passaram a integrar o espaço virtual a partir de 2015, ou com a recente Parceria Público-Privada (PPP) Infovia Digital que não só resultará em benefícios de tecnologia, mas também na melhoria de setores como saúde, segurança, educação, emprego, desenvolvimento econômico, social e de infraestrutura. 

Um exemplo da digitalização dos serviços públicos é o aplicativo multiplataforma MS Digital, que reúne mais de 90 serviços de 20 áreas de atuação do Governo do Estado. Atualmente a plataforma conta com 81,7 mil usuários cadastrados e que utilizam diariamente a ferramenta. Entre os ícones mais acessados, segundo a Superintendência de Gestão da Informação (SGI), estão saúde, servidor público, trânsito, notícias e meio ambiente. 

Já a Infovia Digital, projeto de Parceria Público-Privada (PPP), que recentemente passou pela Bolsa de Valores de São Paulo (B3) e foi arrematado pelo Consórcio Sonda, para um contrato de 30 anos, potencializa essa transformação digital, fundamental para que o Estado desenvolva seus serviços públicos e entregue melhores condições à população. 

O Projeto Infovia Digital prevê a implantação de 6.950 quilômetros de rede de fibra óptica nos 79 municípios do Estado, a construção de um Centro de Operações de Rede (COR) em Campo Grande, a disponibilização de serviços de internet gratuita e videomonitoramento em 129 praças públicas e monitoramento veicular em rodovias estaduais, bem como a instalação de 15.000 ramais IP (sistema de telefonia digital que utiliza protocolo de internet para transmitir voz) entre as unidades administrativas do Estado.

Na avaliação do governador Reinaldo Azambuja, conectividade é ganhar tempo e melhorar a prestação dos serviços ao cidadão. “É poder avançar com programas e plataformas digitais. Com esse projeto podemos trazer a iniciativa privada para essa conectividade, com mais rapidez e diminuição de custo, com investimentos importantes. Podemos avançar na oferta de serviços públicos, trazer o capital privado para ser indutor do nosso Estado, ajudando no desenvolvimento local”, afirma. 

De acordo com a secretária Especial de Parcerias Estratégicas, Eliane Detoni, esse projeto levará infraestrutura para os municípios, otimizando a disponibilidade de banda larga, impactando diretamente na melhoria da prestação dos serviços públicos. 

Levantamento do Estratégia Brasileira de Transformação Digital realizado em 2018 (E-Digital), implementar soluções inovadoras a partir de uma estratégia digital eficiente pode aumentar o PIB (Produto Interno Bruto) anual em 5,7% além de economizar os custos de atendimento e serviços públicos em 97%.

Mireli Obando, Subcom

Foto: Arquivo

Publicado por: Carolina Peixoto dos Santos

Utilizamos cookies para permitir uma melhor experiência em nosso website e para nos ajudar a compreender quais informações são mais úteis e relevantes para você. Por isso é importante que você concorde com a política de uso de cookies deste site.